REPENSANDO AS RELAÇÕES URBANO-RURAIS NO ENSINO ESCOLAR: um diálogo entre professores

Autores

DOI:

https://doi.org/10.12957/geouerj.2020.55729

Palavras-chave:

Ensino de Geografia. Relações cidade-campo. Relações urbano-rurais. Urbanidades no rural. Geografia Rural

Resumo

Este artigo considera as possibilidades de pesquisas geográficas sobre as relações urbano-rurais e seus desdobramentos no ensino de Geografia nas escolas. Diversas disciplinas têm discutido as características formais dos espaços rurais (várias delas baseadas na visão dicotômica das relações urbano-rurais), bem como os conceitos adequados para estudar sua reconfiguração. Pode-se argumentar que uma importante influência da urbanidade contemporânea pode agora ser encontrada nas áreas rurais. Assim, sugerimos a noção de “urbanidades no rural”, consideradas como manifestações de espaços híbridos, nos quais o urbano e o rural se entrecruzam e interagem em muitas formas de combinações. Essa abordagem pode representar alternativas analíticas – e atenuar as limitações de algumas perspectivas. A partir desse debate, o artigo visa construir um diálogo entre professores de Geografia acerca das relações urbano-rurais, apresentando contribuições das noções expostas (e seus desdobramentos) para o ensino de Geografia e, em específico, de Geografia Rural – partindo da perspectiva de um espaço integrado e multidimensional.

Downloads

Publicado

2020-11-03

Como Citar

Rua, J., & de Simoni, J. C. (2020). REPENSANDO AS RELAÇÕES URBANO-RURAIS NO ENSINO ESCOLAR: um diálogo entre professores. Geo UERJ, (37), e55729. https://doi.org/10.12957/geouerj.2020.55729