BORGES COMO PERSONAGEM DE BORGES: A IMAGEM DO AUTOR EM “O OUTRO” E “25 DE AGOSTO DE 1983”

Conteúdo do artigo principal

Vinicius Santos Loureiro

Resumo

O presente artigo se pretende a uma análise da imagem de autor atribuída a Jorge Luis Borges, um dos mais importantes escritores argentinos do século XX, conforme é percebida em sua obra ficcional. Em seus contos, Borges corriqueiramente projeta representações que, para além de coincidirem com seu nome, replicam aspectos biográficos de forma aberta, compondo uma literatura que, à medida que toma a literatura e suas formas como tema de relatos insólitos, se converte em uma ficção centrada a partir da experiência de se estar diante do texto literário, seja por meio da leitura ou da escrita. Dessa forma, uma série de contos do autor repensa as nuances dessa dinâmica, especialmente no que tange a relação por vezes conflitante entre a dimensão íntima de relação com a literatura e a dimensão pública e cultural, em um contexto em que o sujeito performa, em certa medida, sob uma máscara autoral. Assim, o artigo que se segue toma como objeto os contos de Borges, com ênfase em “O outro” e “25 de agosto de 1983”, a fim de discutir como esse conflito pode ser representado em um recorte que tange a literatura fantástica e os relatos autobiográficos.


Palavras-chave: fantástico; duplo; autor; literatura latino-americana; conto; biografia.

Detalhes do artigo

Como Citar
LOUREIRO, Vinicius Santos. BORGES COMO PERSONAGEM DE BORGES: A IMAGEM DO AUTOR EM “O OUTRO” E “25 DE AGOSTO DE 1983”. Abusões, Rio de Janeiro, v. 23, n. 23, 2024. DOI: 10.12957/abusoes.2024.79304. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/abusoes/article/view/79304. Acesso em: 14 jul. 2024.
Seção
Abismo e vertigem: dinâmica da personagem na ficção fantástica
Biografia do Autor

Vinicius Santos Loureiro, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutorando em Literatura Hispanoamericana na UFRJ; mestre (UFRJ, 2018); organizador da Edgariana - Encontro de Pesquisadores de Edgar Allan Poe (UFRJ, 2018/2019); atualmente, pesquisa temas relacionados à recepção do insólito estadunidense na América Latina, com ênfase para as obras de Edgar Allan Poe e Jorge Luis Borges.