O CONCEITO DE PAISAGEM E SUA APROPRIAÇÃO PELO TURISMO: O EXEMPLO DAS IMAGENS NAS BAIXADAS LITORÂNEAS (RJ)

Nathan da Silva Nunes

Resumo


O presente artigo desenvolve uma abordagem acerca do conceito de paisagem desde sua concepção e posterior apreensão pelos estudos geográficos, para que a mesma seja analisada enquanto ferramenta utilizada pelo Turismo. No contexto apresentado, a análise da maneira como atuam os agentes ligados a esta atividade socioeconômica complexa, valendo-se da criação e propagação de imagens idealizadas dos lugares, e suas implicações, é fundamental para a compreensão de seu desenvolvimento atualmente. O recorte selecionado abrange os municípios das Baixadas Litorâneas, no estado do Rio de Janeiro, região de destaque no que tange ao desenvolvimento do setor a partir da década de 1970, tendo como fatores de influência a construção da Ponte Rio-Niterói, a ampliação da BR-101 e a propagação de representações de suas paisagens através de cartões postais e posteriormente da internet.

Texto completo:

118-129


DOI: https://doi.org/10.12957/tamoios.2017.26993

ISSN: 1980-4490

Periódicos Capes Resultado de imagem para logotipo biblioteca nacional