TROPEIROS DE PORCOS: A IMPORTÂNCIA DOS PORCADEIROS E DA SUINOCULTURA NA FORMAÇÃO SOCIOESPACIAL DE PITANGA (PR)

Nilson Cesar Fraga, Mateus Galvão Cavatorta, Cleverson Gonçalves

Resumo


O objetivo central neste artigo é contribuir com o estudo da criação de porcos e dos porcadeiros na formação socioeconômica de Pitanga, no estado do Paraná. Como o tropeirismo é um dos elementos que fizeram parte da formação socioespacial de muitas cidades brasileiras, buscou-se demonstrar as definições desse conceito de acordo com alguns autores, como um primeiro momento do texto. Posteriormente as tropas foram caracterizadas, por meio da alimentação dos porcadeiros, suas vestes, a hierarquia e as diferentes funções existentes entre os integrantes, as dificuldades encontradas ao longo dos caminhos tropeiros, entre outros aspectos. Foram explicados também o modo como era realizado a criação de porcos e as tropeadas para sua comercialização. A metodologia utilizada baseou-se na utilização de referências que tratam do tema, além do trabalho de campo realizado no município de Pitanga, onde foram realizadas entrevistas com pessoas que estiveram vinculadas com a criação de porcos.


Texto completo: 72 - 84

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

ISSN: 1980-4490

Periódicos Capes Resultado de imagem para logotipo biblioteca nacional