A TÉCNICA COMO EXPRESSÃO GEOGRÁFICA DAS DETERMINAÇÕES HISTÓRICAS DO TRABALHO

Elias Lopes de Lima

Resumo


O presente texto põe em debate o caráter histórico-geográfico da técnica manifestado na sua relação com o trabalho e, por conseguinte, alguns conteúdos subjacentes à reprodução da sociedade capitalista. Tal apanhado compõe uma base de sustentação ontológica para se estabelecer correlações entre: a história e a geografia, no campo disciplinar; o tempo e o espaço, no plano epistemológico; a alienação e a razão instrumental, na esfera ideológica; e, por fim, as classes sociais e os gêneros de vida de regime de reprodução comunitário, no domínio das práticas sociais. Compete-nos inferir que o trabalho confere uma historicidade à técnica, ao tempo que esta retribui uma geograficidade ao trabalho, por meio de suas contraditórias implicações com o desenvolvimento capitalista.

Palavras-chave: técnica; trabalho; classes sociais; gêneros de vida.


Texto completo:

85 - 100


DOI: https://doi.org/10.12957/tamoios.2017.25145

ISSN: 1980-4490

Periódicos Capes Resultado de imagem para logotipo biblioteca nacional