SONDAS CULTURAIS COMO MÉTODO PARA A CRIAÇÃO DE DADOS EM PESQUISAS COM CRIANÇAS

Sílvia Fernanda de Medeiros Maciel

Resumo


As sondas culturais são uma estratégia de criação de dados nascida na área do design, aqui apresentadas como uma estratégia metodológica inovadora e lúdica para a produção de dados de pesquisa qualitativa em psicologia com crianças. Com este estudo sobre processos de produção de sentidos na vida cotidiana de crianças, baseado em reflexões da psicologia cultural e em análises imagético-discursivas, fica demonstrado o quanto as sondas culturais se configuram como um método inovador e capaz de gerar dados consistentes e relevantes, tanto em pesquisas, como em práticas profissionais de psicólogos e educadores.

Palavras-chave


sonda cultural; inovação metodológica; psicologia e educação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/teias.2018.34419

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - B1 - Educação
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional