RITOS DE VELÓRIO E SEPULTAMENTO DE CRIANÇAS NA HISTÓRIA DA INFÂNCIA EM BELÉM DO PARÁ - 1910-1914

Carmeci dos Reis Viana, Laura Maria Silva Araújo Alves

Resumo


Trata-se de inserções iniciais da pesquisa que está sendo desenvolvida no Mestrado Acadêmico em Educação. Investiga os rituais de velório e sepultamento de crianças em Belém do Pará (1910 e 1914), a partir de impressos jornalísticos que retratam as práticas, crenças e superstições, que perfaziam o ritual de despedida da criança na morte. É Pesquisa documental. Questões levantadas 1) Como se constituíam os rituais de velório e sepultamento de crianças em Belém do Pará no período em tela? 2) Qual a sua relação com a veneração da alma, o saber local e a miscigenação das culturas para a constituição da infância e dos conceitos de infância na região? Resultados preliminares apontam que a demografia da mortalidade infantil, os rituais de preparo do corpo, o velório e o sepultamento dos infantes estão ligados a questões de ordem social econômica e religiosa.

 

Palavras chave: História da infância no Pará. Ritos de mortalidade. Infância na Amazônia.

Palavras-chave


História da Infância no Pará; Demografia da mortalidade em Belém; Jornais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/teias.2018.30602

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - B1 - Educação
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional