OS CURRÍCULOS DE LICENCIATURA EM LÍNGUA INGLESA: FORMAÇÃO PARA O TRABALHO COM CRIANÇAS

Andréa Cristina Gomes Monteiro, Marcia Regina Selpa Heinzle

Resumo


Com a globalização e a internacionalização, cada vez mais cedo crianças brasileiras fazem uso da Língua Inglesa em seu cotidiano, o que atualmente se faz tembém em escolas públicas em algumas cidades do Brasil. Desse modo, este artigo objetiva identificar nas propostas curriculares dos cursos de Letras, com habilitação em Língua Inglesa, a intencionalidade de uma formação docente voltada para a infância. Esta pesquisa é de cunho documental, envolvendo a análise das matrizes curriculares e ementários de cursos de Letras presenciais. Percebe-se com esta pesquisa, o pouco enfoque dado para a formação em Língua Inglesa nos cursos que ofertam mais de uma habilitação, além da presença praticamente nula de discussões que envolvem o ensino de inglês para crianças.

DOI: https://doi.org/10.12957/teias.2017.29412


Palavras-chave


Currículo; Licenciatura em Letras; Inglês para crianças

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - B1 - Educação
DOI: 10.12957/teias

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional