PRONATEC: UMA ABORDAGEM DA EVASÃO NO INSTITUTO FEDERAL DO ACRE - CAMPUS RIO BRANCO NO ANO DE 2014

Aldenisa de Lima Acácio Rossetto, Mário Sérgio Pedroza Lobão

Resumo


Com o desenvolvimento do mercado de trabalho e a necessidade da diversificação da mão de obra qualificada, a educação profissional tornou-se destaque e impulsionou uma procura elevada por qualificação profissional. Objetivou-se aqui investigar o índice de evasão dos cursos ofertados pelo Instituto Federal do Acre - IFAC/ Campus Rio Branco, no ano de 2014, através do PRONATEC.  A problemática pautou-se pela busca de saber qual o índice real de evasão dos alunos dos cursos do PRONATEC, ofertados pelo Instituto Federal do Acre - IFAC/ Campus Rio Branco, no ano de 2014. Concluiu-se, portanto, que foram realizadas 846 matrículas e deste total mais de 53% dos alunos evadiram-se. O público feminino representou 59% dos alunos que abandonaram a qualificação profissional, ou seja, 277 do total de 452 alunos. Assim sendo, cabe a realização de estudos mais aprofundados para conhecer os reais motivos que levaram esses 53% de alunos evadidos nos cursos.

Palavras-chave


PRONATEC; Evasão; Educação Profissional.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - B1 - Educação
DOI: 10.12957/teias

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional