Produção Legislativa no primeiro governo Brizola (1983-1987)

Luís Felipe Guedes da Graça

Resumo


<doi>10.12957/cdf.2013.9345

Este artigo apresenta a produção legislativa estadual da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ) durante o primeiro governo de Leonel Brizola (1983-1987). O estudo busca apresentar a relação entre os Poderes Legislativos e Executivos durante um período não estudado anteriormente: o exato momento posterior ao retorno da eleição direta para governadores em 1982. São apresentadas as agendas de cada um dos poderes e a dinâmica de vetos entre eles. Os dados da agenda do Executivo se assemelham aos dos estudos mais recentes nos quais ele aparece como dominando a agenda de assuntos estaduais relevante. A agenda do Legislativo aparece dividida entre leis de pouca relevância e uma agenda social forte. Os dados também mostram que os deputados tinham muito mais dificuldades de enfrentar os vetos do governador em vista das regras mais exigentes para a derrubada desses.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/cdf.2013.9345

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


___________________________________________________

Revista Cadernos do Desenvolvimento Fluminense
www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/cdf | ISSN: 2317-6539

Licença Creative Commons
A revista Cadernos do Desenvolvimento Fluminense está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.